segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

[Resenha - Novo Século] Uma Herança de Amor - Quando o fim pode ser o começo

Postado por Ju às 11:00
Título: Uma Herança de Amor - Quando o fim pode ser o começo
Livro #1 da trilogia Uma Herança de Amor
Autora: Lycia Barros
Editora: Novo Século

Sinopse: Amanda é uma jovem recém-formada de 23 anos. Foi criada pela avó materna, vivendo no município do Rio de Janeiro, e passou a vida com uma grande lacuna em relação à lembrança dos pais. Devido a esse hiato de memória, ela atravessou um período de revolta na adolescência, quando trouxe grandes aborrecimentos a sua tutora. Esta, infelizmente, acaba de falecer, em decorrência de um súbito câncer. Em seu testamento, a avó pede que Amanda reencontre-se com a mãe e permaneça ao lado dela durante trinta dias, antes que tome posse de sua herança. E, em homenagem à figura materna que sua avó representou, mas muito a contragosto, a neta a obedece. Entretanto, a única coisa que Amanda sabe sobre a mãe é que ela era uma alcoólatra, e que, por isso, passou muito tempo vivendo em uma clínica de recuperação. Sobre o pai, Amanda só sabe que está morto. Nesse turbulento reencontro, muitas coisas irão acontecer. Em choque, Amanda encontrará sua mãe recuperada, morando no pequeno município de São Lourenço e vivendo com sua nova família. Profundamente ressentida, Amanda dirá a si mesma que jamais deveria ter feito aquela viagem, mas desejará descobrir por que nunca fui procurada por ela, antes de partir novamente. Porém, para sua surpresa, se apaixonará por um homem que poderá mudar todos os planos que ela havia traçado. (Fonte: site da editora)

Amanda é uma garota de 23 anos que sempre teve uma vida confortável, pelo menos financeiramente falando. Foi criada pela avó desde os seus 5 anos, e muito amada por ela. Mas nunca entendeu bem seu passado. Lembra-se de ter morado com o pai por algumas horas, quando ele conseguiu sua guarda definitiva. Depois, tem um grande branco em sua memória. Só sabe que o pai morreu, e acredita que sua mãe, uma alcoólatra na época, tenha sido responsável por isso. Nunca recebeu explicações detalhadas, e não teve coragem de fazer perguntas.

Agora, sua avó está morta. Apesar de ter lhe deixado uma herança significativa, impôs uma condição para o recebimento: que Amanda passasse 30 dias sob o mesmo teto que a mãe. A garota, por respeito à última vontade de sua avó e também por precisar desesperadamente do dinheiro, já que se encontra desempregada e tem vivido da caridade de amigos nos últimos meses, decide aceitar o desafio. Não passa por sua cabeça que possa existir a possibilidade de uma reconciliação, só pretende sair do Rio, passar 30 dias em São Lourenço e retornar para sua casa, para poder viver o resto de sua vida em paz. Mas acaba conhecendo uma mulher bem diferente da que imaginou. Uma mulher que tem uma nova família e um lar repleto de amor. E essa foi apenas a primeira descoberta de Amanda. Só resta saber se ela escolherá o caminho do perdão e conseguirá aproveitar todas as bênçãos que Deus colocou em seu caminho.

Às vezes precisamos desistir da vida que planejamos para dar espaço para a vida à nossa frente.

Fazia bastante tempo que eu queria ler um livro da Lycia. Algumas pessoas me questionavam se eu não tinha medo de odiar, por não compartilhar da mesma crença que ela. Bem, não, eu não tinha. Tanto que não sosseguei enquanto não realizei esse desejo. Embora eu não acredite exatamente nas mesmas coisas, só teve uma colocação no livro com a qual eu realmente não concordei. Fico feliz por ver uma obra tão bem escrita que fale de Deus para as pessoas.

Uma Herança de amor - Quando o fim pode ser o começo conta uma história muito linda. Uma história em que o amor é muito bem definido, e em que a importância do perdão é sempre lembrada. 

Amanda e Janine passaram vários anos sem fazer parte da vida uma da outra, simplesmente por falta de comunicação e por medo da rejeição. Mas tudo tem uma hora certa para acontecer, e a hora dessas duas se entenderem acaba chegando.

- O amor não exige pagamento. Não exige que o outro seja perfeito. É um ato livre. Mesmo que você falhe, mesmo que você erre, eu sempre amarei você. Sempre estarei do seu lado.

As personagens dessa história se tornaram todas muito queridas para mim. A pequena Ivy, de 9 anos, irmã de Amanda, ganhou meu coração logo de cara. Paulo, o novo marido de Janine, é um homem super íntegro, trabalhador, generoso e amoroso. Seus filhos gêmeos, duas beldades. Apesar de terem quase 30 anos, ainda estão se descobrindo, e enfrentam fases diferentes da vida. E Janine, ela realmente se arrependeu de não ter participado da vida de sua primeira filha, e é uma mãe exemplar para Ivy e para os rapazes. E sonha com a chance de poder ser a mãe de Amanda também.

Eu amei a escrita da Lycia, o livro tem romances lindos, tem drama, e também comédia. É uma delícia ver a implicância entre os irmãos, afinal, é bem difícil existir uma família em que esse ingrediente não esteja presente. Mas o amor e o perdão são realmente os ingredientes principais da trama, as personagens principais fariam qualquer coisa umas pelas outras. Me emocionei bastante em algumas cenas, e na parte final do livro eu não conseguia parar de chorar. Estou ansiosa para continuar a leitura da trilogia. Acredito que não vou me decepcionar.

- A força do homem está naquilo que decide realizar, e não no que Deus pode fazer por você.

- Também acredito na força realizadora do homem, só não acredito que ele seja onipotente. Deus só age para nos dar solução naquilo que é impossível para nós. Naquilo que podemos fazer, o esforço deve ser nosso.

20 comentários:

  1. Oie Ju!!!
    Nossa esse livro deve ser realmente incrível! Gostei bastante da capa e mais ainda do enredo!
    Amo histórias que falam sobre o amor, perdão, a fé e família.
    Ainda não li nada da Lycia, mas depois de sua resenha e dos quotes, não tem como não querer ler!
    É tão bom, quando lemos um livro que nos faz chorar e as personagens nos cativam!
    Parabéns pela ótima resenha!
    Beijos!

    meudiariojk.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oiie,
    Gostei da resenha, esse livro parece ser muito legal, emocionante
    Só de falar na avó dela que morreu eu me lembro da minha avó =/
    Gostei dessa frase: - A força do homem está naquilo que decide realizar, e não no que Deus pode fazer por você.

    Beeijinhos, não esquece de passar no meu ;D
    http://lendocomaolly.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Ju!

    Ainda não conheço a escrita da Lycia, mas pela sua resenha fiquei com a certeza que gostarei de suas tramas, =D

    Bj e boa semana!

    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Ju,
    Uau! Fiquei muito curiosa com a sua resenha... As frases que vc selecionou estão bem 'fortes', chamativas assim. Fiquei curiosa para conferir mais o posicionamento da autora em termos religiosos. A história parece ser bem interessante!
    Beijo
     Just Carol

    ResponderExcluir
  5. Oi Ju!
    Sempre tive certo preconceito com a literatura nacional, por um bom tempo negava um livro nacional. Bem, ainda bem que isso passou! E depois dessa resenha fiquei super-mega curioso para me apegar a um livro nacional (e pq não o da Lycia?).

    Beijos e sucesso com o blog!

    Emmanuel

    ResponderExcluir
  6. Oi Ju!
    Que linda Resenha!
    Não conhecia o livro nem a Autora!
    Mas gosto de livros que mostram a união da família e os valores como amor e amizade!
    Não me importo de chorar não!
    Beijoos
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2013/12/cinema-serie-momento-pipoca-veronica.html

    ResponderExcluir
  7. Oi Ju,
    tudo bem?
    Ainda não li nada dessa autora, e para falar a verdade, é a primeira resenha que leio sobre um livro dela. Nunca vi nenhum livro dela ser resenhado por ai. Achei a história muito bonita, relacionamentos sempre são complicados, cheios de dramas. Os irmãos com certeza devem ter contribuído para a união dessa família.
    beijinhos.
    Cila- leitora Voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Conhecia a autora, mas não o livro. Gostei muito da premissa, parece um livro cheio de lições.
    Os quotes realmente me conquistaram! Só achei a capa um pouco simples...
    Adorei a resenha, parabéns.

    Leticia Lançanova
    Palácio de Livros

    ResponderExcluir
  9. Quero muito ler os livros da Lycia, admiro muito ela como pessoa pública, ela é muito fofa e gentil com o público. O livro me parece ser bem legal, e gostei do fato de ela mostrar esses valores, que para mim são tão importantes.
    Beijos e boas leituras.

    ResponderExcluir
  10. Oi Ju!

    Eu já tinha lido a sinopse em algum lugar e gostado. Sua resenha me esclareceu outros pontos da história que me chamaram a atenção. Relações familiares sempre é um tema que traz muita emoção. Ótima resenha.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Ju.
    Nunca li nada da autora, e também não tenho nada contra leituras que falam de fé, religião e crenças, mas a premissa do livro não me atrai.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  12. Olá Ju!
    Eu já conhecia a autora, mas ainda não tive a oportunidade de ler seus livros. pela sua resenha, irei chorar horrores lendo esse livro.
    Amei sua resenha!
    Beijinhos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
  13. Oi Ju, já tinha visto o livro e outras coisas da autora, mas realmente gostei muito da sua resenha. o livro parece ser emocionante e reflexivo, não sei se perdoaria a minha mãe, sério, não sou de perdoar com facilidade, sou rancorosa e sei que é um defeito. mas gostei do enredo e ficarei aguardando as resenhas dos próximo.
    Só não gosto muito de livros que me façam chorar, pois sou muito emotiva (acho que por isso não sou de perdoar com facilidade, pois quando me magoa, é muito difícil isso passar).

    Beijos,

    --
    Priscila Yume
    http://yumeeoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia essa autora e confesso que estou um pouco cansada de trilógias e afins,mas me interessei muito pelo livro porque fala sobre coisas do cotidiano.Com certeza fará parte da minha lista de desejos pq acho que tbm vai me fazer refletir sobre o perdão! Amei a resenha :D

    ResponderExcluir
  15. Ufa, ao menos o primeiro livro da trilogia te agradou. Foi uma boa introdução à escrita da autora, né?! Mas que pena que os demais volumes decepcionaram. Quem sabe em um próximo lançamento a autora retoma o ritmo e agrada novamente.

    ResponderExcluir
  16. Oi Ju! Eu adorei o livro! Ler coisas sobre amor e perdão faz bem para qualquer um, eu nunca havia visto nenhum livro da autora mas já me interessei. E estou sentindo falta de chorar por algum livro haha, pelo menos isso significa que a autora conseguiu nos atingir ;)
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Alguns livros lemos pelo simples instinto de saber que precisamos ler aquilo, acho que você isso que aconteceu com você nessa leitura, você sabia o que queria, foi até o fim e não se arrependeu. Parece ser muito interessante, principalmente por aparentar não focar intensamente no drama. Excelente resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Também nunca li nenhuma obra desta autora e achei muito interessante o enredo deste livro. Por se tratar de perdão e amor, parece ser uma estória mesmo muito emocionante, fiquei com vontade de ler também. :)

    ResponderExcluir
  19. Não conhecia essa trilogia, mas achei bem interessante. Gosto de tramas em que rolam esses "acertos de contas" entre as personagens. Nada como a convivência para surgir o momento da aceitação e perdão.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  20. gente, achei o máximo o livro se passar na minha cidade natal e esse São lourenço é em Minas gerais?? Se sim é a cidade da minha avó. que coisa fofa. quero ler esse livro agora :D

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo seu comentário. =)

Os comentários são moderados, mas sua opinião logo será publicada!

Sejam sempre muito bem-vindos!

 

Entre Palcos e Livros Copyright © 2014 Design by Rebecca Barboza RêVivendo