sexta-feira, 23 de setembro de 2016

[Resenha - Galera Record] Magônia

Postado por Ju às 11:00 8 comentários

Título: Magônia
Autora: Maria Dahvana Headley
Tradução: Alda Lima
Livro #1 da série Magônia
Editora: Galera Record
Número de páginas: 308

Aza Ray nasceu com uma estranha doença incurável que faz com que o ato de respirar se torne mais difícil. Aos médicos só resta prescrever medicamentos fortes na esperança de mantê-la viva. Quando Aza vê um misterioso navio no céu, sua família acredita que são alucinações provocadas pelos efeitos do medicamento. Mas ela sabe que não está vendo coisas, escutou alguém chamar seu nome lá de cima, nas nuvens, onde existe uma terra mágica de navios voadores e onde Aza não é mais a frágil garota enferma. Em Magônia, ela não só pode respirar como cantar. Suas canções têm poderes transformadores e, através delas, Aza pode mudar o mundo abaixo das nuvens.


Aza Ray é uma garota de 15 anos incrivelmente doente. E sua doença é algo tão inédito que os médicos acabaram dando a ela seu próprio nome: Síndrome de Azaray. Aza tem uma enorme dificuldade de respirar, vive tendo crises e sendo levada ao hospital. Tem inclusive alguns órgãos em lugares ligeiramente diferentes de onde deveriam estar.

Mas se tem algo que a garota nunca imaginou, é que a única coisa errada com ela poderia ser estar no lugar errado. Em um momento extremo, Aza descobre que não é exatamente humana, e sim magoniana. Pertence a um povo que vive no céu, uma nação essencialmente pirata, que precisa roubar de quem vive na terra para sobreviver. Um povo que usa a voz, através do canto, para fazer de tudo, desde as coisas mais cotidianas até as mais extraordinárias. Mas será que em Magônia Aza conseguiria se sentir realmente em casa?

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

[Divulgação] Lançamentos da Butterfly Editora

Postado por Ju às 11:00 5 comentários
Apresento a vocês os últimos lançamentos da Butterfly Editora. Espero que curtam!

Dois mundos - Simone O. Marques
Livro #1 da série Tesouros da tribo de Dana

Num futuro distópico, Marina é uma jovem brasileira que carrega a força e os poderes de três grandes deusas celtas. Ela é aquela que cria, acolhe e mata. Protegida por guerreiros, perseguida por mortais e desejada por deuses, precisa encontrar os míticos tesouros da Tribo de Dana se quiser salvar o que restou do mundo... Ano de 2021. A Terra está devastada e poucos são os sobreviventes. No Brasil, grupos se reúnem em pequenas vilas em torno da água potável. O oásis neste caos fica na Chapada dos Veadeiros, na Fazenda Tribo de Dana, onde vive um povo guerreiro que acredita tudo ser parte dos planos da Grande Mãe. Neste paraíso vive Marina. Considerada o avatar de três grandes deusas celtas, precisa lidar com poderes diversos de cura, vida e morte. Ao abrir o véu que separa o mundo dos mortais do Outro Mundo, a jovem liberta antigos deuses. E dois mundos distintos estão prestes a colidir, quando ela descobre que detém nas mãos o destino da humanidade.

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

[Resenha - Arqueiro] O Coração da Esfinge

Postado por Ju às 11:00 17 comentários
Esta resenha não possui spoilers deste livro ou do livro anterior da série. Porém, caso não tenha lido o primeiro volume, não recomendo a leitura da sinopse.

Título: O Coração da Esfinge
Autora: Colleen Houck
Tradução: Alves Calado
Livro #2 da série Deuses do Egito
Editora: Arqueiro

Lily Young achou que viajar pelo mundo com um príncipe egípcio tinha sido sua maior aventura. Mas a grande jornada de sua vida ainda está para começar. Depois que Amon e Lily se separaram de maneira trágica, ele se transportou para o mundo dos mortos – aquilo que os mortais chamam de inferno. Atormentado pela perda de seu grande e único amor, ele prefere viver em agonia a recorrer à energia vital dela mais uma vez. Arrasada, Lily vai se refugiar na fazenda da avó. Mesmo em outra dimensão, ela ainda consegue sentir a dor de Amon, e nunca deixa de sonhar com o sofrimento infinito de seu amado. Isso porque, antes de partir, Amon deu uma coisa muito especial a ela: um amuleto que os conecta, mesmo em mundos opostos. Com a ajuda do deus da mumificação, Lily vai descobrir que deve usar esse objeto para libertar o príncipe egípcio e salvar seus reinos da escuridão e do caos. Resta saber se ela estará pronta para fazer o que for preciso. Nesta sequência de O despertar do príncipe, o lado mais sombrio e secreto da mitologia egípcia é explorado com um romance apaixonante, cenas de tirar o fôlego e reviravoltas assombrosas.

Deuses do Egito é uma série que tem como protagonista Lilliana Young, uma jovem de Nova York que teve sempre tudo que uma adolescente poderia querer - menos o amor de seus pais. Ao se recolher em uma ala fechada de um museu para organizar suas ideias sobre o futuro, a jovem se depara com um homem que parece não fazer parte daquele tempo - e acaba descobrindo que ele realmente não faz.

Trata-se de um príncipe egípcio, Amon, que, junto com seus dois irmãos, desperta para a vida na Terra uma vez a cada mil anos para salvar o mundo. Lily passa, então, a viver uma vida completamente diferente, cheia de perigos e de aventuras - mas não podia imaginar que acabaria se tornando parte importante da defesa contra o mal.

terça-feira, 20 de setembro de 2016

[Divulgação] Lançamentos do Grupo Editorial Novo Conceito

Postado por Ju às 11:00 6 comentários
Bom dia!

Vamos conhecer os lançamentos de agosto da Novo Conceito? O primeiro será resenhado aqui no blog. :)

Três vezes nós - Laura Barnett

Uma jovem mulher com uma bicicleta quebrada após desviar de um cão. Um homem que ela poderia facilmente ter deixado passar, sem parar, levando consigo uma vida inteira, uma vida que poderia nunca ter sido dela. Eva Edelstein está no segundo ano do curso de Inglês na Universidade de Cambridge. Ela namora David Katz, estudante e aspirante a ator. A vida de Eva parece bem encaminhada, quando, no campus da universidade, ela conhece acidentalmente Jim Taylor, estudante frustrado de direito. Há três versões, três realidades diferentes para o futuro de Eva e Jim, dos anos 1950 até os dias atuais. Se o nosso futuro é uma encruzilhada, gostaríamos de saber qual caminho seguir? E depois, ficaríamos felizes com a nossa escolha? Três vidas. Três histórias. Três destinos... permeados com traições e ambições, mas também com amor e arte. Três vezes nós explora a ideia de que há momentos em nossas vidas que poderiam ter sido diferentes e como pequenos fatos ou decisões que tomamos podem determinar o rumo da nossa vida para sempre.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

[Resenha - Intrínseca] Belgravia

Postado por Ju às 11:00 15 comentários
Título: Belgravia
Autor: Julian Fellowes
Consultora editorial: Imogen Edwards-Jones
Consultora histórica: Lindy Woodhead
Tradução: Rachel Agavino
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 432

Ambientada nos anos 1840, quando os altos escalões da sociedade londrina começam a conviver com a classe industrial emergente, e com um riquíssimo rol de personagens, a saga de Belgravia tem início na véspera da Batalha de Waterloo, em junho de 1815, no lendário baile oferecido em Bruxelas pela duquesa de Richmond em homenagem ao duque de Wellington. Pouco antes de uma da manhã, os convidados são surpreendidos pela notícia de que Napoleão invadiu o país. O duque de Wellington precisa partir imediatamente com suas tropas. Muitos morrerão no campo de batalha ainda vestidos com os uniformes de gala. No baile estão James e Anne Trenchard, um casal que fez fortuna com o comércio. Sua bela filha, Sophia, encanta os olhos de Edmund Bellasis, o herdeiro de uma das famílias mais proeminentes da Bretanha. Um único acontecimento nessa noite afetará drasticamente a vida de todos os envolvidos. Passados vinte e cinco anos, quando as duas famílias estão instaladas no recente bairro de Belgravia, as consequências daquele terrível episódio ainda são marcantes, e ficarão cada vez mais enredadas na intrincada teia de fofocas e intrigas que fervilham no interior das mansões da Belgrave Square.

Belgravia é um romance histórico que se passa durante o século XIX. Tudo começa em 1815, com várias famílias de Londres residindo em Bruxelas, onde é iminente um conflito com Napoleão. A sociedade não podia parar com todos os seus rituais habituais, porém nem todos estavam dispostos a seguir suas regras. 

Um casal improvável se forma: Sophia, filha de um comerciante, apaixona-se por Edmund, o visconde de Bellasis, e aparentemente é correspondida. A garota convence seu amado a lhe conseguir convites para o baile de sua tia, baile que acaba ficando famoso já que alguns oficiais saíram de lá diretamente para a luta contra o inimigo na Batalha de Waterloo - Edmund estava entre eles.

1841. Muita coisa mudou nas famílias de Edmund e Sophia e os membros delas terão que encarar muitas reviravoltas, além de traições e desafios para conseguirem vislumbrar um final feliz depois de passarem por bastante sofrimento. Agora, os acontecimentos se passam em Belgravia, elegante bairro de Londres que o pai de Sophia ajudou a tornar realidade.
 

Entre Palcos e Livros Copyright © 2014 Design by Rebecca Barboza RêVivendo