sábado, 11 de janeiro de 2014

[Resenha - Planeta] O Pessegueiro

Postado por Ju às 12:00
Título: O Pessegueiro
Autora: Sarah Addison Allen
Tradução: Alice Klesck
Editora: Planeta

Sinopse: Bem-vindo a Walls of Water, um lugar onde o aroma das flores envolve o ar e os pássaros parecem ter algo a dizer. Essa é a cidade onde vive Willa Jackson, uma jovem descendente de uma família falida que luta para esquecer a imagem da garota inconsequente que já foi um dia. Quando sua ex-companheira de colégio e socialite perfeita Paxton Osgood a convida para a festa de 75 anos do Clube Social Feminino, ela fica receosa em comparecer por sentir que não faz parte daquele mundo... No entanto, a ocasião acabará se revelando uma excelente oportunidade para Willa desenterrar fatos surpreendentes que reverberam até hoje em sua própria história. Qual é o segredo que une as famílias Jackson e Osgood? Será que a verdadeira amizade consegue transpor as barreiras do tempo? Deixe-se inebriar por esse romance que une realismo e magia de forma envolvente, e descubra quão delicado e importante é o papel dos amigos em nossa vida. (retirada da contracapa do livro)

Eu tive um professor de teatro muito querido que sempre disse que peça boa é aquela que você assiste e te deixa tão sem reação que você vai para o bar com os amigos depois e o chopp esquenta, de tanto que ela mexe com você. Você não consegue comer, não consegue falar, não consegue fazer nada além de pensar sobre o que acabou de assistir. Foi essa a reação que eu tive após terminar a leitura de O Pessegueiro. Não sei se serei capaz de transmitir o quanto o livro é maravilhoso, mas preciso tentar.

Willa Jackson sempre se sentiu deslocada. Sua família já foi uma das mais ricas de Walls of Water mas, quando ela nasceu, isso já era um passado distante. Durante seus 30 anos de vida, não teve sequer coragem de visitar a antiga casa da família, a Blue Ridge Madam, embora invadi-la seja uma espécie de tradição na cidade. Dizem que o local é mal-assombrado, e todos que já entraram na casa testemunharam ter visto um chapéu flutuando por lá... 

Paxton Osgood, uma socialite completamente moldada pela mãe, ex-colega de Willa, toma para si a tarefa de reformar a mansão. E, para reinaugurá-la, decide oferecer um baile em homenagem aos 75 anos da fundação do Clube Social Feminino, que foi criado por sua avó, pela avó de Willa e por mais quatro garotas. O clube angaria fundos para ações sociais, patrocina eventos culturais e concede bolsas de estudo. Mas será que foi para isso que ele realmente foi criado?

Segredos nunca permanecem sepultados, independentemente do esforço que você faça.

Paxton e Willa são, cada uma à sua maneira, infelizes e solitárias. Mas não têm consciência disso, até que algumas coisas começam a acontecer e elas precisam parar para pensar no rumo que suas vidas tomaram. 

- Toda vida precisa de um pouquinho de espaço. Isso deixa lugar para que coisas boas entrem.

Eu me apaixonei instantaneamente pela capa do livro. Ela tem uma delicadeza rara de se ver. Essa delicadeza está presente também na história. E é impressionante como a autora conseguiu me atingir lá no fundo, me colocar na pele das pessoas às quais ela me apresentou. Me comovi com muita coisa nesse livro, mas principalmente com a história de Paxton. Quando uma coisa realmente boa aconteceu na vida dela, tive que parar de ler um pouco porque tive uma crise de choro absurda. Não pensem, por isso, que o livro é um drama. É que eu achei tão lindo o que aconteceu, e fiquei tão feliz por ela, que não me aguentei. 

- A felicidade é um risco. Se você não sentir um pouquinho de medo, não está fazendo a coisa certa.

Pois é, sei que estou falando das personagens como se elas realmente existissem. Mas quem disse que não existem? Tenho certeza que muita gente passa por conflitos parecidos com os delas. Queria abraçá-las, dizer que tudo ia dar certo. Dizer que eu admirava muito a capacidade e a coragem que tiveram de mergulhar dentro de si mesmas para descobrir quem elas eram. 

- Nós somos quem somos. É surpreendente como influímos pouco nisso. Uma vez que você aceita isso, o resto é fácil.

O Pessegueiro fala de amor, de relacionamento familiar, de amizade, de confiança. É um livro capaz de mudar a vida de alguém. Com certeza me fez refletir muito.

Estou descobrindo preciosidades neste início de ano. A Sarah já virou autora preferida, e pretendo ler tudo dela que for publicado por aqui. Começando pelo outro livro que a Planeta publicou, A Garota que Perseguiu a Lua. Sempre ouvi elogios com relação ao trabalho da autora, mas só agora consigo entender o quanto ela é talentosa. Espero que todos vocês tenham a oportunidade de ler algo escrito pela Sarah.

Resenha postada no skoob.

30 comentários:

  1. Já conhecia "A Garota que Perseguiu a Lua", mas esse não. Adorei o enredo e seus comentários!
    Vou procurar!
    Beijão, Ju! Fica com Deus. ;-)

    ResponderExcluir
  2. Uau Ju, quase que eu também choro com a sua resenha, o livro parece incrível! Em algumas frases de leitores, sempre tem alguém que diz como há autores que conseguem mexer com nosso emocional com apenas algumas palavras, e eu concordo, já chorei muito com alguns livros, e com outros fiquei dias sem conseguir retomar por causa de algum acontecimento com os personagens. Mas com certeza o melhor choro é o de alegria, o coração fica mais leve depois de você ver que depois de tanto sofrimento o personagem conseguiu alguma alegria. Ainda não conhecia essa autora, mas com certeza vou procurar ler algum livro dela, amei a capa desse livro! Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ju estou boba com o tanto que você gostou do livro, cada palavra sua transmitiu o quanto ele te tocou, e parece ser uma historia muito tocante e marcante como poucos livros consegui, fique curiosa em conhecer a autora.

    http://loucaescrivaninha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nunca tinha ouvido falar nesse livro mas essa sua empolgação toda me contagiou haha e geeeeeente que capa liinda *0*. Já até marquei o lirvo no skoob.
    Ótima resenha.
    Beeijos

    quenerdissealice.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Adoro livros que me fazem refeltir,e falam sobre amor e amizade.Comprei esse livro pq adorei a capa,mas ainda não tinha lido.Fiquei empolgada com sua resenha,parceu ser um livro muito bom.Fiquei muito curiosa para começar a ler e será o meu próximo livro!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Me interessei pelo livro desde que vi e me senti muito satisfeita lendo essa resenha por saber o quanto você gostou. Não creio que seja a melhor história do mundo, mas deve ter um toque que apaixona e encanta quem ler. Ainda não li nada da Sarah, mas não vejo a hora de conhecer a escrita dela. Leituras reflexivas são as que tem mais impacto em mim. Vou adicionar a minha meta de leitura desse ano!

    ResponderExcluir
  7. O Pessegueiro, esse livro sim é fantástico, na verdade todos são né!? Mas esse é incrível, um dos melhores livros, parabéns pela resenha, continue assim, muito interessante mesmo!

    http://fevereira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Nossa Ju! Vc esta aumentando a minha lista e muito!
    Esse livro parece ser perfeito! Amei a capa e depois a sua resenha fez o resto de me deixar morta de vontade de ler! hahha
    Quero ficar assim sem reação também!
    Beijos
    http://overdoselite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá Ju!
    Esse livro parece ser aqueles que te fazem refletir e isso me atrai muito! pois é sempre bom refletirmos sobre relacionamento, amor, amizade e confiança, coisas básicas, mas importantes em nossas vidas!
    Parabéns pela resenha!
    Beijinhos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
  10. Nunca tinha ouvido falar dessa autora, mas me interessei muuuuuuuuuuuito pela sua resenha. Também fiquei bem interessada no título do outro livro dela, achei super forte. Adoro conhecer novos livros <3 A capa também é maravilhosa!
    Beijos e parabéns pela resenha

    www.centraldaleiturablog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Meu Deus, Ju!

    Adoro estórias marcantes que permanecem vivas conosco e além disso,de certa forma nos transforma e parece que o Pessegueiro tem esta qualidade. Amei este quote "Toda vida precisa de um pouquinho de espaço. Isso deixa lugar para que coisas boas entrem.", pura verdade e por coisas boas entra tudo, amor, amigos, aprendizados, conquistas, descobertas.

    Parabéns pela resenha, Jú.

    Bjs
    Tânia Bueno
    http://facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Opa, já gostei pelo nome da autora! :)
    Realmente, a capa passa mesmo uma sensação de delicadeza. E parece que isso se mantém no enredo, né! Eu adoro livros sobre relações familiares, com certeza quero ler este.
    beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi, primeiramente eu amei a capa deste livro, ela é muito linda, sempre tive vontade de ler este livro e depois da sua resenha fiquei com mais vontade ainda hahahaha eu adoro livros que nos fazem refletir, apesar de preferir o que nos afasta da realidade e faça esqueçer a nossa vida, as vezes uma boa reflexão é bem legal

    Abraços

    ResponderExcluir
  14. Oi Ju,
    tudo bem?
    Eu descobri essa autora no ano passado, concordo com você a primeira coisa que chamou minha atenção foi a delicadeza da capa. Mas nunca tinha lido nenhuma resenha antes.
    Esse livro parece que vem para marcar, ser um dos nosso preferidos. A história é muito sensível e parece nos tocar durante a leitura Quero muito ler. Hoje, vocês no grupo estão me surpreendendo com excelentes resenhas e com histórias de tocar o coração.
    Adorei.
    beijinhos.
    cila- leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá Ju!!!
    Que fascinante!!!
    Nossa quando vi a divulgação desse livro achei a capa linda, mas não me interessei por ele, achei que podia ser meio meloso! rsrs, mas parece que me enganei completamente! pela sua resenha dá pra ver como o livro é lindo, emocionante! Amei o fato das personagens parecem tão reais e o fato também de Paxton e Willa serem um pouco semelhantes!!!!
    E olha Ju tem livro que deixa a gente sem ação mesmo, aquela vontade absurda de apenas ler tudo novamente ou de adentrar aquele mundo!!!
    Ótima resenha!

    Beijos!

    meudiariojk.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Olá Ju, tudo bem? Então, não conhecia o livro. Achei muito engraçado o exemplo do seu professor, você vai no bar e o chopp esquenta, acho que já tive esta reação com alguns livros. Parece que você adorou o livro, eu também estou apaixonado pela capa. Não tenho planos para ler agora, mas quem sabe no futuro. Abraços!

    ResponderExcluir
  17. A capa desse livro é linda! Gente que efeito bonito e imagem bem construída! A história deve prender o leitor do início ao fim. Me interessei demais, ainda mais pela sua resenha! É o segundo livro que vai para minha lista após ler suas resenhas! kk
    Beijo
    Gabriel - Blog Corações de Neve

    ResponderExcluir
  18. Que livro mais formoso. Fiquei empolgada com o enredo dele a partir de tuas palavras. Vou deixar anotadinho aqui :3.
    Obrigada pela dica!

    Beijo,
    Pamela.

    http://odiariodoleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Sério Ju, que o livro é tão tocante assim que dá vontade de parar tudo?
    Menina to com esse livro no kindle faz tempo, preciso abrir uma brecha e encaixar essa leitura.
    Sabe que eu já li livros assim, que me levaram as lágrimas quando algo de bom finalmente aconteceu na vida do personagem, e é tão belo, nos mostra como ficamos sensibilizados pela situação que ele vivencia e feliz pela sua conquista.
    Adoro histórias que me faz refletir e que pode me mudar pra melhor, com certeza essa será uma das próximas leitura.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  20. Oie flor, tudo bom?
    Nossa, o livro é tão maravilhoso assim?
    Parece ser muito emocionante, como você disse "Pode mudar a vida de alguém". Fiquei bem empolgada, adoro histórias que nos fazem pensar, refletir, falam sobre amizade, amor *-*
    Seus comentários a respeito do livro me deixaram estasiada, quero ler muito agora. Acho que vou baixar.

    Obrigada pela dica.
    Beijos,
    paixaoliteraria.com

    ResponderExcluir
  21. O primeiro quote com certeza me deixou com medo ! Mas então o quote que diz que é normal ter medo da felicidade (+/- isso) me "acalmou" um pouco.
    Eu "conheci" o livro pois um dia esrava na livraria e peguei um marcador dele (lindo), porém, não me interessei. Mas agora as palavras que você usou para resenhar, não sei.. elas tiveram tal intensidade .. que acho que só lendo para entender o que você quer dizer.
    Sei como é de repente querer ler todos os livros de um autor por causa de um livro, e vou tentar ler esse, para ver se me cativa tanto.
    Bjs, Rapha

    http://www.caixinhaderabiscos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Nunca li nada da autora. Achei a capa desse livro maravilhosa, e a história me pareceu ser muito boa também! Parece o tipo de livro capaz de emocionar facilmente. Além disso, pelo que pude perceber da resenha, não é somente um daqueles dramas sem uma história pra servir de base.

    ResponderExcluir
  23. Oi Ju!

    Sua resenha me empolgou e emocionou. Fiquei tocada com tudo que sentiu em relação à história e curiosa para conhecê-la. Como você, também já ouvi muitos elogios à autora e quero começar a ler algum livro dela. Bela resenha.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. A capa é bela. E amo livros que falam sobre a família, laços familiares, creio que deve ser muito lindo.

    ResponderExcluir
  25. Eu estou louca pra ler esse livro desde que vi o resumo. Ele parece ser um romance leve que conquista o leitor (tem como não conquistar com essas quotes?). E que capa linda!

    ResponderExcluir
  26. Oi Ju, tudo bem?
    Já tentei comentar aqui, mas não sei o que aconteceu =/
    Eu ouvi falar desse livro há muito tempo, no goodreads, ele nem tinha previsão de ser publicado no Brasil, e já chamava minha atenção. Todas as resenhas eram super positivas, e elogiavam muito o livro, a escrita da autora, do enredo e da história que o livro segue. Como você disse, a capa é tão delicada, tão doce, me conquistou assim que a vi. Definitivamente pretendo ler esse livro, assim que puder : )
    Beijos e boas leituras!

    ResponderExcluir
  27. Olá! Esta capa é mesmo muito linda e delicada, só de vê-la já dá vontade de comprar o livro rsrs
    Ainda não li, mas gostei muito do enredo e sua resenha ficou ótima, parece ser mesmo muito cativante. Gosto muito de ler livros que nos fazem refletir e adorei saber que este causa isso nos leitores, espero ler também :)

    ResponderExcluir
  28. Este livro sempre me chamou a atenção pela sinopse e pela linda capa. Mas nunca tinha lido nenhuma resenha que falasse tão bem dele. Com certeza entrou para minha wishlist.

    ResponderExcluir
  29. Confesso que histórias assim não fazem meu estilo, mas me parece ser tão sensível e emocionante, que acabei ficando curioso pra ler. É muito legal quando lemos algo que nos deixa com essa sensação que você colocou aqui.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  30. não curto muito a tematica mas gostei da historia. alem da arte grafica ser maravilhosa. Esse vai entrar pra minha lista de leituras desejadas para 2014!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo seu comentário. =)

Os comentários são moderados, mas sua opinião logo será publicada!

Sejam sempre muito bem-vindos!

 

Entre Palcos e Livros Copyright © 2014 Design by Rebecca Barboza RêVivendo