terça-feira, 11 de abril de 2017

[Resenha - Rocco] Eldest

Postado por Ju às 23:30
Esta resenha não possui spoilers deste livro ou do livro anterior da série. Porém, caso não tenha lido o primeiro volume, aconselho que pule a sinopse.

Título: Eldest
Autor: Christopher Paolini
Tradução: Heitor Pitombo | Laura van Boekel Cheola
Livro #2 do Ciclo A Herança
Editora: Rocco
Número de páginas: 656

Este livro mostra que a grande missão de Eragon está cada vez mais próxima, e a cada momento ele enfrentará perigos que só crescem, crescem, crescem. 'Eldest' acompanha o amadurecimento do jovem guerreiro protagonista da história. O segundo volume da Trilogia da Herança traz um glossário com o significado dos termos originais mais usados no épico do autor norte-americano. A narrativa de 'Eldest' começa três dias após a cruel batalha travada por Eragon para libertar o Império das forças do mal. Agora, o Cavaleiro de Dragões se vê envolvido em novas e emocionantes aventuras. Em busca de um tal Togira Ikonoka - 'O imperfeito que é perfeito' -, que supostamente possui as respostas para todas as suas perguntas, Eragon parte, junto com Saphira, o dragão azul que o acompanha desde o início da aventura, para Ellesméra, a terra onde vivem os elfos. Lá, eles pretendem aprender os segredos da magia, da esgrima e aperfeiçoar o seu domínio da língua antiga. Em sua jornada, que também é uma caminhada para a maturidade, Eragon conhece seres e lugares diferentes e se apaixona por Arya, filha da rainha Islanzdaí. Mas também descobre que nem tudo é o que parece. Conflitos e traições aguardam o jovem herói e por um longo tempo ele não tem certeza em quem pode confiar. Os desafios de Eragon são entremeados pela luta de Roran, cuja importância aumentou em relação ao primeiro livro, formando narrativas paralelas que se juntam no fim com um único objetivo; derrotar o grande rei. Mais maduro e preparado, Eragon consegue afastar o exército inimigo por algum tempo. A vitória definitiva, no entanto, só acontece depois da revelação de um grande segredo, que fará com que Eragon e Roran se unam novamente e decidam partir para uma nova e perigosa missão.

A Alagaësia vive uma época extremamente complicada. O rei, Galbatorix, usurpou o poder, cometendo uma enormidade de crimes para isso, inclusive extinguir os Cavaleiros de Dragão, que mantinham a justiça no reino.

Eragon, nosso protagonista, tinha uma vida pacata, até que um dia seu destino se apresentou a ele. O garoto encontrou uma pedra oval, grande e azul na Espinha, um lugar de que a maioria das pessoas tinha medo. Esta pedra acabou se revelando um ovo de dragão quando Saphira decidiu nascer e se tornar parceira de Eragon.

Os dragões podem permanecer em seus ovos por todo o tempo que quiserem, até encontrar a pessoa adequada para se unir a eles. Sem nem entender a enormidade daquilo, o rapaz acaba se tornando a esperança de tempos melhores, já que é o único Cavaleiro de que se tem notícia atualmente. O rei tem um dragão, mas definitivamente não se encaixa nesta categoria.

No primeiro volume, Eragon precisa aprender a confiar em si mesmo e nas pessoas ao seu redor -  e em certa medida a desconfiar delas também -, mas é neste que ele passa a se conhecer melhor e recebe um treinamento mais detalhado para desenvolver suas habilidades. Só posso dizer que são extraordinárias!

A história é repleta de surpresas, mas obviamente não posso contar nenhuma. Vários segredos são revelados nesse livro, e confesso que o primeiro deles me deixou realmente de boca aberta. Aquilo não tinha passado pela minha cabeça em nenhum momento! A narrativa deste volume se mantém tão fascinante quanto a do primeiro, e conhecemos novas regiões do mundo criado pelo autor, que acho cada vez mais incrível e encantador. E não posso deixar de falar sobre uma coisa que realmente amei: no início do livro, foi colocado um resumo do anterior, o que é excelente para pessoas desmemoriadas como eu que acabam sempre tendo que reler os outros volumes. Minha vida seria muito mais fácil se todos os autores tivessem essa consideração.

Existem três núcleos nessa história: o da morada dos elfos, o do território dos humanos rebeldes e o das pessoas do antigo vilarejo de Eragon. Isso deixou tudo mais interessante e fez com que eu ficasse enlouquecida, porque claro que quando as coisas mais importantes iam acontecer o núcleo em foco era alterado e eu tinha que esperar um número indefinido de capítulos para saber como tudo tinha terminado. Adoro o fato dos povos terem línguas próprias, e no final do livro tem um guia de pronúncia de alguns nomes e a tradução das expressões utilizadas em alguns momentos pelas personagens. A esta altura, já me familiarizei com algumas. 

Não consigo ler os livros dessa série muito rápido, em parte porque o ritmo se alterna, às vezes é mais lento e às vezes alucinante, mas principalmente porque muita coisa acontece. Sobre os acontecimentos finais, eu esperava alguns deles, mas o maior de todos me surpreendeu completamente, e fez meu coração doer de verdade. Ainda tenho dois volumes para ler e só me resta torcer para que o autor não me faça sofrer muito. Logo trarei para vocês a resenha do terceiro livro. Só sei que estou amando acompanhar a saga de Eragon e Saphira!

Viva no presente, lembre-se do passado e não tema pelo futuro, pois ele não existe e nunca existirá. Só existe o agora.

19 comentários:

  1. Olá
    Este livro está na minha lista desde sempre, porém são muito caros, enquanto isso nada melhor do que saber um pouco mais do que se trata a história do que uma boa resenha, não é mesmo?
    Adorei a sua, quero muito essa série.
    Beijuh

    ResponderExcluir
  2. Oii
    Eu li Eragon na minha adolescência. Ver esta resenha me trouxe memórias e fantasias bem agradáveis.
    Muito obrigada.

    ResponderExcluir
  3. legal que vc tá curtindo a leitura da série, eu só vi o primeiro filme mas nunca tive acesso aos livros... mas tenho curiosidade... o que me deixou um pouco receosa foi a questão do ritmo de leitura, ora alucinante, ora mais lento...
    de qualquer forma,tá na lista de possiveis leituras...
    bjs... ^^

    ResponderExcluir
  4. Não é só você que acaba esquecendo um pouco do livro anterior, por isso estou preferindo começar as séries quando já tenho os volumes. Claro que nem sempre é possível. Já conheço a série, mas não a li ainda. Esta evolução da parte mais lenta para uma mais rápida deve deixar o leitor mais atento e envolvido com a história.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia!
    Como evito série o máximo que posso talvez seja por isso que ainda não tinha lido nada sobre.
    Mas a premissa não me atraiu a ponto de querer saber mais! Mas fico feliz que tenha gostado! Bjs

    ResponderExcluir
  6. Oi Ju! Eu assisti ao filme e fiquei apaixonada! Amo fantasia, principalmente as medievais. Fiquei encantada com a tua resenha, imaginei todas as cenas! Uma das coisas que mais gostei foram os dragões, pretendo ler os livros, beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oii! Fantasia não é meu gênero favorito, então creio que esta não será uma leitura possível pra mim. Mas, preciso dizer, que nomes são esses? Eragon, Roran, Galbatorix... Fantásticos. Palmas ao autor.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Eu não conhecia e já fiquei completamente curiosa. Achei a premissa muito interessante e isso de mudar de núcleo quando algo importante acontece me deixa louca de curiosidade também

    ResponderExcluir
  9. Oii, tudo bem? Então, esses livros estão na minha lista há algum tempo, confesso que espero muitoo deles, apesar de não ser tão fã de séries. Gosto de fantasia medieval e gostei de ver suas impressões sobre o livro. Acho que vale a pena a leitura.

    ResponderExcluir
  10. Oi Ju, tudo bem?

    Ainda não tive tempo para ler esta série, mas sempre ouço os comentários muito positivos em relação a mesma. O enredo da história é fascinante, principalmente para mim, que adoro fantasias muito bem construídas. Lembro de ter assistido ao filme e gostado, então creio que curtiria o livro também. Adorei a resenha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oiee ><

    Eu já conhecia Eragon, justamente por ser um dos gêneros que mais curto ler, fantasia medieval. Mas nunca parei mesmo pra ler, não adquiri ainda meu exemplar. Mas eu sou como você, não consigo ler rápido, quando se trata de fantasia medieval eu tenho que ir aos poucos e parando rsrs

    Abraços

    ResponderExcluir
  12. Minha irmã tem a saga e eu me senti relativamente atraída. Porém tenho tantos livros em casa que fiz um propósito de não pegar nada para ler sem acabar antes tudo o que está numa grande caixa, é meu desafio.

    Espero não demorar muito para conseguir estar livre e pronta para pegar todos os livrinhos que minha irmã dispõe, estando esse na minha lista, ainda mais depois dessa resenha. Beijos

    Nara Dias
    Viagens de Papel

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Confesso que não conheço essa série, é a primeira resenha que leio sobre ela.
    Eu gosto muito de fantasia, mas o enredo desse não me atraiu, acredito que por ser mais voltado para o lado medieval, e é esse tipo de leitura não me agrada muito.

    Gostei bastante da sua resenha.
    Parabéns por ela e pelo blog.

    ResponderExcluir
  14. Oi Ju!
    Meu ex namorado era apaixonado por essa história, lembro que corri SP pra achar o livro pra ele. Eu, ao contrário, não tenho a mínima vontade de ler o livro, acho que a história não chama minha atenção. Sei como é ler esses livros que tem ritmo alternado. É como se não conseguíssemos pegar o fio da meada e ler de uma vez não é?
    Espero que os próximos volumes te agradem.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Sempre vi falarem dessa série mas nunca tive a curiosidade em ler. Gostei de saber que o final te surpreendeu, e espero que os próximos volumes te conquistem ainda mais.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Também amo de paixão quando o autor dá um jeito de resumir os livros anteriores! Alguns escrevem no prólogo, outros (como a Richelle Mead) colocam na narrativa dos personagens, como lembranças. Alguns simplesmente passam batido, daí é fogo. É uma coleção que conheço de nome mas nunca li, apesar da imensa vontade. Quem sabe quando encontrar baratinho num sebo? ;)

    ResponderExcluir
  17. Olá!

    Não conhecia o livro, mas não faz meu estilo de leitura, então não vou vou garantir que lerei. E isso de colocar o que aconteceu nos livros anteriores é ótimo, os autores que fazem isso merecem o céu!

    ResponderExcluir
  18. Eu comecei a ler o primeiro livro da série mas infelizmente não me animei, eu adorei o filme mas o livro achei meio cansativo, tua resenha me animou um pouco, ainda penso em tentar, vamos ver no que dá. Que bom que o livro te surpreendeu é sempre bom ler história boas.

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Eu tinha uma curiosidade me ler os livros dessa série, mas com o tempo fui desanimando rs' não sou muito chegada a dragões, e acho muito cansativo essas história apesar de serem aventuras e fantasia, mas ultimamente ando com preguiça o que é bem triste pra mim rs' adorei saber um pouco sobre a história e queria sentir vontade de ler novamente!

    Beijos!
    https://blogdatahis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo seu comentário. =)

Os comentários são moderados, mas sua opinião logo será publicada!

Sejam sempre muito bem-vindos!

 

Entre Palcos e Livros Copyright © 2014 Design by Rebecca Barboza RêVivendo