segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

[Resenha - Planeta] Diário de um policial

Postado por Ju às 22:30 14 comentários
Título: Diário de um policial
Autor: Diógenes Lucca
Editora: Planeta
Número de páginas: 208

Pouca gente no Brasil conhece a mente e o comportamento de um bandido tão bem quanto o tenente-coronel Diógenes Lucca, hoje na reserva. Em 30 anos na polícia militar, boa parte no comando do Gate, ele participou de mais de 100 negociações para soltura de reféns. Neste livro, Lucca conta os bastidores dessas negociações e revela, em detalhes, casos que marcaram a história policial do país: os sequestros do empresário Abílio Diniz e do apresentador Sílvio Santos, a invasão no Carandirú, o caso Marcola e as rebeliões do PCC, entre outros. Muito mais do que um livro de memórias, "Diário de um policial" é um thriller de verdade, tão recheado de adrenalina que é impossível parar no meio.

Quando comecei a ler esse livro, tinha uma expectativa um pouco diferente do que encontrei. Achei que encontraria 20 casos - um por capítulo -, contados por Diógenes Lucca, que durante vários anos atuou como comandante do GATE - Grupo de Ações Táticas Especiais. Mas, na verdade, em pouco mais de 200 páginas o autor conseguiu resumir grande parte de sua carreira na Polícia Militar, incluindo um curto período em que esteve de licença e durante o qual trabalhou para a iniciativa privada.

domingo, 28 de fevereiro de 2016

[Resenha - Companhia das Letras] Doze anos de escravidão

Postado por Ju às 19:00 12 comentários
Título: Doze anos de escravidão
Autor: Solomon Northup
Tradução: Caroline Chang
Editora: Companhia das Letras
(Coleção Penguin-Companhia Clássicos)
Número de páginas: 280

A extraordinária história do violinista Solomon Northup, um negro livre que foi sequestrado e vendido como escravo. Por doze anos ele trabalhou em diversas fazendas na Louisiana até ser libertado em uma batalha judicial. Doze anos de Escravidão narra a história real de Solomon Northup, negro americano nascido livre que, por conta de uma proposta de emprego, abandona a segurança do Norte e acaba sendo sequestrado e vendido como escravo. Durante os doze anos que se seguiram ele foi submetido a trabalhos forçados em diversas fazendas na Louisiana. Este relato autobiográfico, publicado depois da libertação de Northup, em 1853, logo se tornou um best-seller, e hoje é reconhecido como a melhor narrativa sobre um dos períodos mais nebulosos da história dos Estados Unidos. Verdadeiro elogio à liberdade, esta obra apresenta o olhar raro de um homem que viveu na pele os horrores da escravidão.

Solomon Northup foi um homem que nasceu livre. Casou-se, teve três filhos, e sempre viveu sua vida de forma honesta. Morava no norte dos Estados Unidos - a parte do país que não era escravocrata em 1841. Certo dia, foi convidado por dois homens para viajar com eles em direção ao sul - local em que a escravidão ainda existia de maneira bem marcante. 

Eles afirmaram fazer parte de um circo, e estarem viajando para se reunirem a ele. Só que durante essa viagem pretendiam fazer apresentações ocasionais, em que a música faria muita diferença, por isso propuseram a Solomon, que era muito talentoso com o violino, que se apresentasse com eles em seu trajeto, garantindo que pagariam seu retorno ao lar, além de um valor diário mesmo se não se apresentassem. Ele então partiu com os desconhecidos, sem nem ao menos avisar sua família, já que a esposa estava viajando também a trabalho e seus filhos estavam com parentes. Imaginou que retornaria muito rapidamente.

Qual não foi sua surpresa quando um dia, depois de beber com os homens com quem já convivia há um certo tempo, começou a se sentir muito mal. Depois disso, só se lembrava de ter sido retirado de seu quarto por vários outros homens que afirmavam que o levariam ao médico. Quando acordou, teve uma ingrata surpresa: tinha sido acorrentado em um lugar certamente nada atrativo. 

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

[Divulgação] Lançamentos da Galera Record

Postado por Ju às 20:30 18 comentários
Apresento a vocês os lançamentos da Galera. Me digam os que acharam mais interessantes, porque estou com dúvidas infinitas sobre o que solicitar para resenhar por aqui... rs... A partir desse mês, vou mostrar para vocês alguns dos lançamentos de outros selos do Grupo Editorial Record também. :)

Nunca Jamais - Colleen Hoover | Tarryn Fisher

Colleen Hoover, autora dos sucessos Slammed e Hopeless, junta-se a Tarryn Fisher neste thriller romântico e misterioso. Charlize Wynwood e Silas Nash são melhores amigos desde pequenos. Mas, agora, são completos estranhos. O primeiro beijo, a primeira briga, o momento em que se apaixonaram... Toda recordação desapareceu. E nenhum dos dois tem ideia do que aconteceu e em quem podem confiar. Charlize e Silas precisam trabalhar juntos para descobrir a verdade sobre o que aconteceu com eles e o porquê. Mas, quanto mais eles aprendem sobre quem eram, mais questionam o motivo pelo qual se juntaram no passado.

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

[Resenha - Planeta] Made in Macaíba

Postado por Ju às 23:30 15 comentários
Título: Made in Macaíba
Autor: Miguel Nicolelis
Editora: Planeta

Ninguém duvida da competência de Miguel Nicolelis. A comunidade científica internacional e as principais revistas do mundo o apontam como um dos maiores ícones da neurociência da atualidade. Mas muitos o questionaram quando ele voltou para o Brasil decidido a ensinar e fazer ciência em uma das áreas mais pobres do Nordeste. Ele próprio dizia estar diante de uma utopia. O livro Made in Macaíba – a história da criação de uma utopia científico-social no ex-império dos tapuias é uma lição de vida e de empreendedorismo de quem continua acreditando no Brasil. Nicolelis não só concebeu o Campus do Cérebro, que mudou o cenário de uma enorme comunidade carente, mas vem incentivando milhares de crianças a estudar e a acreditar que as oportunidades existem para todos. Inspirado no primeiro grande cientista brasileiro, Nicolelis quer abrir caminho para que apareçam outros Santos Dumont país afora. Resgatando a história, ele conta neste livro como isso é possível.

Provavelmente, esse não seria um livro que eu escolheria em uma livraria. Mas vi o autor falando sobre ele, e aí não tive como não ficar curiosa a respeito da história. Tanto que iniciei a leitura no mesmo dia em que ele chegou às minhas mãos. E preciso dizer para vocês: é um livro que vale muito a pena. É aquele tipo de livro que nos devolve a esperança em um mundo melhor, que mostra que o pouco que cada um pode fazer acaba se transformando em muito e mudando a realidade de muita gente.

Nicolelis fala de tanta coisa em pouco mais de 300 páginas que fica até complicado situar vocês. Ele é de São Paulo, mas desencantou-se com a situação do país e acabou se mudando para o exterior há bastante tempo atrás. Até que se convenceu de que a situação política a partir de 2002 o ajudaria a realizar um projeto, uma utopia brasileira. Algo que permitiria melhorar a vida ao menos de uma pequena comunidade.

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

[Resenha - Globo Alt] E se for você?

Postado por Ju às 19:00 23 comentários
Título: E se for você?
Autora: Rebecca Donovan
Tradução: Fal Azevedo
Editora: Globo Livros

Cal acaba de entrar na faculdade e divide seu tempo entre aulas e festas com os amigos. Até que ele encontra Nicole Bentley, por quem foi apaixonado quando criança, e de quem nunca mais tinha ouvido falar desde que se formaram na escola, há mais de um ano. O único problema é que... aquela garota não é Nicole. Ela é idêntica à menina que conviveu com Cal, mas seu nome é Nyelle Preston e, ao contrário de Nicole, é impulsiva e ousada, e só quer aproveitar a vida. Quando os segredos do passado e do presente começam a colidir, de uma coisa ele poderá ter certeza: nada é o que parece ser. Com uma narrativa envolvente e poética, Rebecca Donovan cria personagens cativantes que despertam diversos questionamentos e emoções.

Desde que Nicole, chegou à vizinhança, mesmo sendo uma garota extremamente contida, se integrou ao trio que já existia por lá: Cal, o único menino, Rae, uma loirinha baixinha de sardas e, principalmente, Richelle, a garota da casa ao lado. Mas os anos passaram, Richelle se mudou para outra cidade e, após certas férias de verão, Nicole parou de falar completamente com Cal e Rae. Mesmo sem entender o motivo para aquele distanciamento, eles o aceitaram - ainda que Cal sentisse um fascínio diferente por ela e tivesse esperança de ser mais que um amigo. Depois do ensino médio ninguém teve mais notícias de Nicole, até que algo bem inusitado aconteceu.

Certo dia, saindo de uma festa a fantasia em que a namorada havia terminado com ele claramente para ficar com outro cara, Cal vê um casal discutindo. A garota está fantasiada de ninja e, aparentemente, usa armas de verdade para afastar um rapaz dela. Uma conhecida de Cal acaba aparecendo para voltar com a garota misteriosa para casa, e ele decide acompanhá-las. Quando chegam ao dormitório, e Cal vai se despedir da garota-ninja, que descobriu se chamar Nyelle, fica em choque ao olhar nos olhos dela.

Estou olhando para os olhos azuis mais incríveis que já vi. São olhos do tipo que podem me manter parado aqui como um idiota, olhando para dentro deles a noite inteira. Eu sei porque já olhei para eles antes. (...) Tento me convencer de que imaginei tudo aquilo. Consegui ver os olhos da ninja apenas por alguns segundos. Mas posso jurar que estava olhando dentro dos olhos de Nicole Bentley.

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

[Divulgação] Lançamento da Petit Editora: Pelos Caminhos da Vida

Postado por Ju às 23:00 14 comentários
Boa noite!

Hoje apresento a vocês mais um lançamento da Petit. Logo terá resenha por aqui! :)

Pelos Caminhos da Vida - Cristina Censon | Espírito Daniel

Na França, em pleno século XIV, vive Adele, uma jovem de apenas 13 anos. Apesar de tão pouca idade, ela se vê obrigada a enfrentar uma intensa jornada pessoal quando seu pai descobre que é sensitiva, capaz de ver e conversar com espíritos. Ao lado de sua aia Justine, Adele foge da ira paterna e vai ao encontro de Elise, única pessoa que poderia ajudá-la a lidar com seus dons. E é a figura emblemática de Elise que unirá Adele a Aimée, jovem de igual sensibilidade e dons. O pai de Adele, no entanto, não desiste da perseguição à filha, e sua vingança acaba resultando numa tragédia de grandes proporções. 


Sobre a autora

Natural de Araras, Cristina Censon mudou-se para Campinas aos 3 anos. Graduada em Economia pela UNICAMP, transferiu-se para São Paulo, onde iniciou sua carreira profissional na área financeira. Conheceu a Doutrina Espírita em 1985, num pequeno grupo espírita, no qual trabalhou durante alguns anos. Em 1997, iniciou os estudos doutrinários na Instituição Espírita Seara Bendita, onde trabalha até hoje, ministrando cursos e trabalhando na área de assistência espiritual em prol de companheiros carentes e necessitados de esclarecimento. Este é seu segundo romance mediúnico. Também publicou pela Petit A luz que vem do coração. Antes dos romances, escreveu o livro de autoajuda Minha vida vai mudar, publicado em 2010.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Nova parceria: Chiado Editora

Postado por Ju às 21:00 15 comentários
Hoje tenho uma ótima notícia para dividir com vocês: o blog agora é parceiro da Chiado Editora. *-*



Vamos conhecer mais sobre ela?

Editar livros não é o nosso trabalho, é a nossa paixão! Na Chiado Editora adoramos livros, os editados por nós e muitos editados por outros. E trabalhamos todos os dias para oferecer a cada Leitor o livro perfeito! (...) O nosso desafio é merecer que os nossos livros façam parte da sua vida.

O foco da editora é a publicação de autores portugueses e brasileiros contemporâneos. No momento, é a maior editora neste segmento em Portugal, e apresenta um ótimo crescimento no Brasil. A Chiado tem pouco mais de sete anos, mas chega a editar mais de 1000 novos títulos por ano! 

Se vocês não conhecem o catálogo da editora, deixo o link aqui, para que o visitem. Com tantas publicações, claro que é bem variado. Atualmente, publica também em outras línguas, em lugares como: Alemanha, Bélgica, Espanha, América Latina, Estados Unidos, França, Luxemburgo, Irlanda e Reino Unido. 

Em breve teremos a primeira resenha de uma obra da editora por aqui. :)

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

[Evento] Lançamento de A Fada Madrinha e A Escolhida, em São Paulo

Postado por Ju às 22:00 14 comentários
Neste sábado, dia 20/02, a partir das 15:30, teremos um evento especial em São Paulo, na Martins Fontes da Avenida Paulista. O lançamento de dois livros: A Fada Madrinha, da Kate Willians e A Escolhida, da Amanda Ágatha Costa. Queria muito ir por causa da Kate, que foi uma das primeiras blogueiras que conheci virtualmente quando criei o Entre Palcos e Livros. Hoje, aliás, é o aniversário dela, então, parabéns, Kate! Que seus sonhos continuem se realizando! :)

Não vou poder ir, mas espero que quem for curta muito, e que seja uma grande festa! Sucesso, meninas! Vocês podem encontrar mais informações sobre o evento no facebook. Fica o convite para que compareçam!

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

[Divulgação] Lançamentos da Editora Planeta

Postado por Ju às 21:30 16 comentários
Apresento a vocês os lançamentos da Planeta. Espero que gostem!


O nome de Deus é Misericórdia - Andrea Tornielli

Considerado o primeiro livro do papa Francisco, O Nome de Deus é misericórdia traz uma entrevista exclusiva concedida ao vaticanista Andrea Tornielli, na qual o pontífice explica o porquê do Ano da Misericórdia que teve inicio em 8 de dezembro de 2015. “A Igreja não está no mundo para condenar, mas para promover o encontro com aquele amor visceral que é a misericórdia de Deus. Para que isso aconteça, é necessário sair. Sair das igrejas e das paróquias, sair e ir à procura das pessoas onde elas se encontram, onde sofrem, onde esperam”. O livro cujas capas em italiano, inglês, francês, alemão, espanhol e português foram escritas à mão pelo próprio papa Francisco será lançado simultaneamente no mundo todo.

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

[Resenha - Universo dos Livros] Amor no Ninho

Postado por Ju às 23:30 19 comentários
Título: Amor no Ninho 
Autora: Maribell Azevedo
Livro #1 da série Amor no Ninho
Editora: Universo dos Livros

Após ser adotada pela família Harrison, Marina chega à sua nova casa e é tomada por um grande impacto ao conhecer Daniel, um dos filhos do casal. Os vívidos olhos azuis do garoto a fascinam de imediato e, à medida que o tempo passa, ela se sente cada vez mais atraída por ele, descobrindo brotar em seu coração a semente de um amor proibido. Quando vê seu desejo tornar-se incontrolável, ela precisa decidir se continua vivendo à sombra de uma máscara ou se aceita o desafio de revelar seus sentimentos... Mas o futuro é traiçoeiro e repleto de armadilhas. Será que, para viver este amor, ela estará preparada para enfrentar o preconceito da sociedade e as surpresas que o destino lhe reserva?

Marina é uma descendente de brasileiros que perde os pais em um acidente, e vai viver em um orfanato em Londres. Surpreendentemente, fica lá somente por um ano, e aos oito é adotada por um casal que já tem três filhos: duas meninas e um menino. 

Ela se identifica com todos de sua nova família logo de cara, mas desde a primeira vez em que seus olhos se encontram com os de Dan, sabe que está encrencada. A garotinha logo percebe que o sentimento que ele lhe causa é algo completamente diferente. Durante algum tempo, é até suportável ignorá-lo e tentar se relacionar com outra pessoa... mas o sentimento cresce a cada dia e chega um momento em que não é mais possível fingir que não existe.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

[Divulgação] Lançamento da Geração Editorial: Salve-me

Postado por Ju às 22:30 15 comentários
Boa noite!

A Geração Editorial lança esse mês mais um livro da Rachel Gibson. Vamos conhecê-lo?

Salve-me - Rachel Gibson

A salvação de Sadie Hollowell e Vince Haven depende de muitos fatores. Ele voltou traumatizado da guerra ao terrorismo no Afeganistão e ela, aos 33 anos, acha ridículo ser convidada para ser dama de honra do casamento de uma prima no interior do Texas, onde nasceu. Ambos estão perdidos, à procura das raízes e de uma identidade que a vida foi esfacelando, e são atormentados por uma atração sexual violenta que demora muito a se transformar em amor e compromisso. O que se oferece aos leitores é uma história tensa, em que preconceitos e hesitações lutam contra o amor, sem saber qual dos lados terá o triunfo final. Vale a pena ler e torcer por ele.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

[Resenha - Seguinte] A Bailarina Fantasma

Postado por Ju às 16:00 20 comentários
Esta resenha foi escrita por mim e publicada originalmente no blog Ler e Imaginar.


Título: A Bailarina Fantasma
Autora: Socorro Acioli
Livro #1 da série Anabela em quatro atos
Editora: Seguinte
Número de páginas: 192

Anabela mal podia conter a empolgação quando seu pai foi o arquiteto escolhido para coordenar uma obra no Theatro José de Alencar, em Fortaleza. A proposta era que aquela casa de espetáculos maravilhosa mantivesse as mesmas características de quando foi inaugurada há mais de um século, em 1910. Em pouco tempo vira rotina para Anabela passar as tardes naquele teatro antigo fazendo a lição de casa enquanto o pai trabalha. Mas essa reforma acaba desenterrando mistérios escondidos há muitos e muitos anos… Para a surpresa de Anabela, uma bailarina translúcida e vestida de azul aparece dançando no palco e passeando pelos corredores, perseguindo Anabela. O que será que ela está fazendo ali? E por que será que apenas a garota consegue enxergá-la? Quem é essa bailarina e por que ela aparece?

A Bailarina Fantasma nos apresenta a Anabela, uma garota que perdeu a mãe e mora apenas com o pai. Ele é um arquiteto, mas tem dificuldade para conseguir trabalho, já que não gosta nem um pouco de todos aqueles metais e vidros azuis que as pessoas costumam querer utilizar nas construções modernas. Mas surge uma oportunidade que não pode deixar passar: um concurso para definir o responsável pela reforma do Theatro José de Alencar, o mais antigo de Fortaleza. Como ninguém chega nem perto de saber tanto quanto ele sobre o local, é o escolhido para o trabalho.

Comunica sua filha que ela irá com ele para o teatro todas as tardes, e que naquela mesma noite assistirão a um balé que marcará o início da obra. Durante o espetáculo, Anabela não consegue tirar os olhos de uma bailarina toda vestida de azul, que dança de uma forma bem mais encantadora que as demais. Acaba descobrindo que só ela a vê, e que trata-se de um fantasma com assuntos mal resolvidos. Mas como uma simples garota como ela vai conseguir lidar com algo tão assustador e complicado?

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

[Resenha - Bertrand] Em Busca de Abrigo

Postado por Ju às 23:30 18 comentários
Título: Em Busca de Abrigo
Autora: Jojo Moyes
Tradução: Renato Motta
Editora: Bertrand Brasil
Número de páginas: 434

Na noite da Coroação da Rainha Elizabeth II, em 1953, a comunidade de expatriados de Hong Kong se reúne para celebrar o evento com uma festa. Enquanto os convidados tentam ouvir a cerimônia em um rádio antigo, Joy, uma jovem de 21 anos, se apaixona. Menos de vinte e quatro horas depois da festa, ela já está prometida em noivado ao rapaz, mas só tornará a se encontrar com o noivo um ano depois. Em 1980, um ato de rebeldia faz Kate, aos 18 anos, fugir do Condado de Wexford, na Irlanda, com sua filha ilegítima. Quinze anos mais tarde, Sabine deixa Hackney, o elegante bairro onde mora, em Londres, para visitar os avós que jamais conheceu e descobre que Wexford parece ter parado no tempo. Quando Sabine, sua mãe e sua avó voltam a se encontrar, um segredo de família cuidadosamente guardado é descoberto, bem como algumas verdades importantíssimas: o conflito entre o amor e o dever, as escolhas que as mulheres são obrigadas a fazer e o relacionamento entre mães e filhas. 

Finalmente li um livro da Jojo Moyes e, por um completo acaso, acabou sendo o primeiro que ela escreveu. Gostei disso, vai me permitir ver a evolução da escrita da autora em minhas próximas leituras. Não que eu não tenha gostado desse livro. Ele é muito bem escrito e tem seu foco nos relacionamentos familiares, abordando principalmente as relações entre mulheres de três gerações.

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

[Resenha - Belas-Letras] Destemida

Postado por Ju às 18:30 17 comentários
Título: Destemida
Autora: Jessica Watson
Tradução: Bruno Mattos
Editora: Belas-Letras
Número de páginas: 352

Depois de 210 dias no mar e 24.285 milhas náuticas em seu barco, Jessica Watson, uma australiana de 16 anos, retornou triunfante de volta ao porto de Sydney. Ela se tornou a pessoa mais jovem a velejar sozinha, desassistida e sem paradas ao redor do mundo. Contado nas próprias palavras de Jessica, Destemida mostra a infância, inspirações, os anos de planejamento para a viagem e o que aconteceu desde a conquista do “Everest da navegação”. Uma história inspiradora, que prova definitivamente que todos nós temos o poder de viver nossos sonhos – não importa quão grandes eles sejam.

Este livro está na fila há muitos meses, mas não por falta de tentativa de lê-lo antes. Na primeira tentativa o achei muito cansativo e não consegui finalizar a leitura. Mas, depois de ler 5 livros da série Brotherband, que se passa no mar grande parte do tempo, me familiarizei bastante com termos náuticos, o que facilitou - e muito - a leitura de Destemida. Mesmo que a autora tenha se preocupado em colocar um glossário no final para esclarecer algumas coisas para o leitor, acho um pouco cansativo quando a gente precisa consultar um glossário com frequência.

O que vocês já tinham feito aos 16 anos? Eu não tinha feito basicamente nada, a não ser lidar com a rotina básica de adolescente... rs... Mas com a Jessica as coisas foram diferentes. Com 11 anos, ela começou a sonhar com uma aventura: dar a volta ao mundo velejando sozinha e sem paradas. Sim, com 11 anos. Claro que isso não foi do nada, a família dela sempre foi um pouco diferente, tinham hábitos como não ter TV em casa (super me identifiquei com isso já que nunca ligo minha TV). Um dia, decidiram que comprariam um ônibus e viajariam juntos pela Austrália. Enquanto isso, foram morar em um barco, e acabaram ficando lá por cinco anos e meio. 

domingo, 7 de fevereiro de 2016

[Resenha - Intrínseca] Finale

Postado por Ju às 09:00 16 comentários
Esta resenha não possui spoilers deste livro ou dos livros anteriores da série. Porém, caso não tenha lido os outros volumes, aconselho que pule a sinopse.



Título: Finale
Autora: Becca Fitzpatrick
Tradução: Viviane Diniz
Livro #4 da série Hush, Hush
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 304

Nora e Patch pensavam que seus problemas tinham ficado para trás. Hank estava morto, e seu desejo de vingança não precisava ser levado adiante. Na ausência do Mão Negra, porém, Nora foi forçada a se tornar líder do exército nefilim, e era seu dever terminar o que o pai começara - o que, essencialmente, significava destruir a raça dos anjos caídos. Destruir Patch. Nora nunca deixaria isso acontecer, então ela e Patch bolam um plano: os dois farão com que todo mundo acredite que não estão mais juntos, manipulando, dessa forma, seus respectivos grupos. Nora pretende convencer os nefilins de que a luta contra os anjos caídos é um erro, e Patch tentará descobrir tudo o que puder sobre o lado oposto. O objetivo deles é encerrar a guerra antes mesmo que ela venha a eclodir. Mas até mesmo os melhores planos podem dar errado.


E, finalmente, cheguei no último livro da série Hush, Hush. Ela, em geral, não atendeu às minhas expectativas; passou longe disso, aliás, mas pelo menos o final não foi tão ruim assim. Apesar de não ter nenhuma vontade de reler um dia, não considerei uma perda de tempo completa como pensava que seria até o segundo livro.

Mais uma vez, apenas para contextualizar: é uma série que trata principalmente de anjos caídos e neflins (filhos de anjos caídos com humanos) e do conflito que existe entre as duas raças. Jogada no meio desse conflito, está Nora Grey, uma adolescente que realmente não tem nenhuma noção de limites. E isso na verdade acabou sendo útil neste quarto volume. Se tem algo que posso dizer a favor da Nora é que ela luta com todas as suas forças pelo bem dos que ama, e que é uma pessoa extremamente determinada e corajosa.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

[Resenha - Intrínseca] Silêncio

Postado por Ju às 23:00 11 comentários
Esta resenha não possui spoilers deste livro ou dos livros anteriores da série. Porém, caso não tenha lido os outros volumes, aconselho que pule a sinopse.


Título: Silêncio
Autora: Becca Fitzpatrick
Tradução: Débora Isidoro
Livro #3 da série Hush, Hush
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 304

No terceiro livro da série Hush, Hush, após o choque de acordar em um cemitério e descobrir que ficou desaparecida por semanas, Nora Grey não se lembra de nada que aconteceu nos últimos cinco meses, justamente a época em que o anjo caído Patch entrou em sua vida. Para piorar sua situação, a jovem passa a ter conturbadas visões e é constantemente assombrada pela cor preta. Ao tentar descobrir o que aconteceu consigo durante esse período, pessoas perigosas, com poderes sobrenaturais, cruzam seu caminho. Nora não sabe mais em quem pode confiar, mas um estranho desconhecido, que mexeu bastante com ela, parece ter a chave para solucionar o mistério que a cerca.

Hush, Hush é uma série que tem como tema anjos - com foco em anjos caídos e neflins (filhos de anjos caídos com humanos). Silêncio é o terceiro livro da série. A protagonista é Nora Grey, uma adolescente que, a meu ver, se mostra cada vez mais maluca. 

Sério, a garota tem problemas. Sabe criança, que você fala "não coloca a mão no fogo!", aí ela vai lá e coloca mesmo assim, e só depois de se queimar entende que não deveria ter feito aquilo? É quase a mesma coisa, só que um pouco mais grave. 

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

[Resenha - Planeta] Holocausto nunca mais

Postado por Ju às 19:30 18 comentários
Título: Holocausto nunca mais
Autor: Augusto Cury
Editora: Planeta
Número de páginas: 576

Nesta publicação, Augusto Cury oferece aos leitores a oportunidade de ler o seu mais importante romance histórico-psiquiátrico, o Holocausto nunca mais, de uma única vez. A nova versão reúne os dois livros que compõem a série – Colecionador de lágrimas e Em busca do sentido da vida –, num único volume. Para esse trabalho, Cury redigiu novo prefácio, em que relembra a importância pessoal desse romance. “O fiz com lágrimas nos olhos. Sonho que ele funcione não apenas como um retrovisor da história, mas também como espelho para o futuro da nossa espécie. Escrevê-lo foi um dos maiores desafios da minha vida como psiquiatra, psicoterapeuta, pesquisador, escritor e investigador da história”, conta o autor.

Amei tanto esse livro que é até complicado falar dele para vocês... Holocausto nunca mais é a junção de dois livros: O Colecionador de Lágrimas e Em busca do sentido da vida, o que resultou em uma obra de quase 600 páginas. É uma história extremamente intrigante, que trata do homem que ao menos eu considero o maior psicopata de todos os tempos: Hitler. O livro é definido como um romance histórico-psiquiátrico. Isso quer dizer que, através de um enredo fictício, recebemos informações históricas e somos presenteados com análises psiquiátricas desse ser que nem tenho palavras para descrever.

Mas o leitor em nenhum momento é bombardeado com informações, isso porque Augusto Cury encontrou uma forma genial de apresentar o enredo. Temos um ex-psicólogo e professor de história, Júlio Verne (sim, em homenagem ao famoso Júlio Verne... rs...) como protagonista. Ele está em um momento da vida em que parece que suas aulas perderam o brilho. Mas começa a ter transtorno noturno, e precisa encarar pesadelos assustadores sobre a época em que Hitler esteve no poder. Como é a época sobre a qual está lecionando, suas aulas se tornam cada vez mais emocionantes e impactantes.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

[Resenha - Intrínseca] Crescendo

Postado por Ju às 19:30 17 comentários
Esta resenha não possui spoilers deste livro ou do livro anterior da série. Porém, caso não tenha lido o primeiro livro, aconselho que pule a sinopse.



Título: Crescendo
Autora: Becca Fitzpatrick
Tradução: Livia de Almeida
Livro #2 da série Hush, Hush
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 288
Skoob

A vida de Nora Grey ainda está longe de ser perfeita. Sofrer uma tentativa de assassinato não foi a melhor das experiências, mas, pelo menos, Nora ganhou um anjo da guarda: Patch, que de angelical não tem absolutamente nada, e, o pior: parece muito interessado na grande inimiga de Nora, Marcie Millar. Se não fosse pelo interesse de Patch em Marcie, Nora jamais teria notado Scott Parnell, velho amigo da família que acaba de voltar para a cidade. Ainda que Scott a deixe furiosa na maior parte do tempo, é impossível não se sentir atraída. Lá no fundo, porém, ela tem certeza de que ele guarda um segredo. Atormentada por repetidas visões do pai, inexplicavelmente assassinado anos antes, Nora começa se perguntar se haveria alguma conexão entre a morte dele e o fato de pertencerem a uma linhagem de nefilins. Ela quer descobrir o que realmente aconteceu, mas isso é muito arriscado. Algumas verdades ficam melhor mortas e enterradas - do contrário, podem destruir tudo em que você acredita.

Para quem nunca ouviu falar de Hush, Hush, é uma série com o tema anjos, em que conhecemos uma garota, Nora Grey, que cai de cabeça no mundo de neflins e anjos caídos, e tem sua vida completamente transformada. Faz muito tempo que tenho todos os volumes na estante, e comecei 2016 disposta a pelo menos diminuir a quantidade de séries que adquiri e ainda não li. Optei por começar por esta, e já estou bastante arrependida.

Se já tinha achado Sussurro um tanto quanto morno, meu problema com Crescendo foi um pouco maior. Me deu vontade de bater a cabeça da Nora na parede para ver se os neurônios voltavam a funcionar, porque não é possível que ela tenha ficado tão lerda de uma hora para a outra.
 

Entre Palcos e Livros Copyright © 2014 Design by Rebecca Barboza RêVivendo